17 dezembro 2010

Harajuku: A estação da moda japonesa (1)

   Particularmente, sou fascinada por culturas diferentes, de países distantes e curiosos, tão distintos do Brasil. A forma de se vestir de um povo faz parte de sua cultura e acredito que os japoneses, as japonesas em especial, têm se destacado na moda contemporânea, uma moda que se faz presente nas grandes cidades e metrópoles ao redor do mundo. A parada hoje é em Tóquio, de maneira mais específica, na estação Harajuku aonde os jovens se encontram e chocam a todos com suas roupas coloridas, seus estilos berrantes e sua alegria contagiante.
   Conhecida por ser ponto de encontro de adolescentes e pela loja Laforet (que vende marcas de moda jovem), tornou-se famosa nos anos 90 devido ao números de artistas com roupas extravagantes que lá se reuniam aos domingos para conversar, passear e passar o tempo. Ponto obrigatório de turismo para todos que passam pela metrópole japonesa, esta moda esquisita, porém simpática, pode sim, pegar em outros lugares. Podemos ver alguns adeptos do estilo em São Paulo, por exemplo.


São vários estilos os da moda urbana japonesas, entretanto, destacam-se os seguintes: gyaru, lolitas, gothic lolitas, visual kei e decoras. É possível, também, ver muitos jovens vestidos de Cosplay, caracterização que, muitas vezes, acaba por influenciar os outros estilos.


   Na foto 1, vemos um fragmento de uma gothic lolita. Suas características básicas são, notavelmente, o preto e a influência roqueira, a extravagância de saltos pesados, meias rasgadas ou com um apelo mais forte. A maquiagem também transmite este visual, que é, basicamente gótica. Lápis preto, rosto clareado por pó compacto, batons em tons monocromáticos (pretos, cinzas e até azuis ou roxos). Já na foto 2 há uma representante do estilo decora, cheio de ornamentos e coisinhas fofas e pomposas, o mais chamativo de todos, com uma confusão de objetos, cores, texturas e estampas.
   Já os outros estilos são caracterizados por:

Lolitas: Têm como inspiração o estilo kawaii (fofo) de ser. Vestem-se com peças românticas, muitas vezes que relembram outros tempos (vintage). A principal subdivisão deste estilo é a Sweet Lolita, a essência, aonde os tons clarinhos e femininos estão mais presentes. Há ainda 12 subcategorias: Classical, Country, Shiro, Kuro, Punk, Guro, Gothic, Erololi, Wa, Qi, Hime e Deco.
Visual kei ou visual j-rock: Com uma pegada roqueira, de cores pretas, capas, vestidos longos e sem muitos símbolos, faz um visual, digamos, um pouco mais sóbrio. Bastante utilizado tanto por homens quanto por mulheres.
Gyaru: Um dos estilos japoneses mais influenciados pela moda ocidental, caracterizadas pela pele bronzeada, utilizam-se bastante de saltos plataforma, minissaias e cabelos tingidos (quase que invariavelmente loiros). Bastante famosas também por suas maquiagens impecáveis e sua ousadia mais, digamos, sensual.

  Baseando-me neste estudo aprofundado da moda urbana japonesa, decidi arriscar-me e dar algumas dicas para você, que talvez queira ousar um pouco mais ao vestir, como as japonesas.

     •Aposte em acessórios, como broches divertidos, cintos, bolsas, colares, pulseiras, relógios, óculos, tocas, boinas e assim vamos...
     •Não tenha medo de misturar cores e estampas. O segredo da moda das ruas (e não só no Japão) está, justamente, na autenticidade e na criatividade de quem a veste. Invista em peças multicolores, com estampas fofas (como de flores, cupcakes *-*, docinhos, animais, listras, petit pois, etc) e muita diversidade.
     •Torne-se aliada do tule. Este tecido se tornou grande aliado do charme japonês, ainda que não seja o principal dos estilos, é meigo e dá uma cara toda moderna, por exemplo, àquela saia coloridinha que você nunca usou.
      •Não deixe de usar meias. Jamais. Estas peças são marcas registradas dos armários dessas garotas criativas e demonstram-se imprescindíveis em suas vidas. Sem contar que meias são uma fofura, não?

   Pés de Gothic Lolita podem vestir (e calçar)...
Melissa Temptation R$129,90Vivienne Westwood Anglomania + Melissa Temptation R$249,90

    Pois é, gente... Hoje o Blogspot tá de graça. Eu tenho uma postagem enorme pra você e não cabe aqui...mimimi. Um senhor trabalho, um senhor estudo da moda japonesa e pronto... Não posso mais.
   Semana que vem tem a segunda parte Harajuku. Não deixem de vir conferir.
Beijinhos,

3 comentários:

Cabeça Feminina disse...

Desculpe-me a demora,mas ando meio sm tempo ultimamente.

Muito obrigada pelo coment e a participação no meu blog.
Volte qnts vezes quiser,pois smpre serah mt bm vinda e sua opnião eh importante para nós!!!
Um beijo.

http://cabecafeminina.blogspot.com/

B' . disse...

nhaa , vou esperar a segunda parti , eu amei o poste .As dicas como sempre as melhores.
PARABÉNS .. adoro aqui *--*

Bjs

Anônimo disse...

eu sou lolita e me senti muito ofendida com seu post pois pelo que parece você não pesquisou direito, aquela imagem que você colocou NAO é gothic lolita, e elas não usam saias curtas, nem maquiagem escorrendo nem pó branco, nada disso, gothic lolita é inspirado nas roupas de luto vitorianas,não tem nada a ver com isso aí que você disse já que elas prezam pela elegância, na verdade, a maquiagem em lolita no geral é algo mínimo, bem natural.
por favor pesquise melhor antes de postar algo, para não acontecer essa confusão com os estilos novamente, eu não ligo se você deletar meu comentário pois quero que apenas você leia.