06 novembro 2011

Destaque do mês #4 - É conveniente, certamente


Pra eu seguir o seu blog? De novo?!
“Segue o meu blog que eu sigo o seu!”; “Achei o seu blog lindo, passa lá no meu?”; “Nossa, que resenha maravilhosa, segue o meu blog?”. Sinceramente? Não...

Ao entrar para o universo blogueiro, é comum notar o grande número de conveniências que é gerado. Você cria seu endereço, enfeita toda a página com gadgets que talvez nunca serão úteis, escreve umas dez postagens ao dia e então, bate aquele vazio típico de “quem vai ler tudo isso?”. Pois é, campeão, seguidores não surgem de uma hora para a outra e é então que descobre-se o fantástico universo da conveniência. Visite uma centena de blogs (alguns bons e outros muito ruins), siga todos e elogie a belíssima (horrorosa) aparência deles. No dia seguinte, surgirão uns 14 seguidores pingados, depois mais vários. Entre a primeira centena, talvez um venha a ser seu leitor sincero e esse vazio conveniente, muito educado e pouco honesto, passará a incomodar daqui para frente.

Não é que eu mesma nunca tenha feito isso. Fazia e aos montes. Faço, mas creio que esses elogios exagerados, essa conveniência escancarada canse muitas vezes. É uma alegria enorme, um grande sossego e júbilo para todo blogueiro receber um e-mail sobre a chegada de um novo comentário. Maior ainda, entretanto, é a decepção ao passo da descoberta de que é uma espécie de spam sobre as várias promoções que estão ocorrendo na página do comentarista em questão.

Promoção amiga...
Divulgação faz parte do universo das comunicações. Às vezes é desagradável, mas não há como evitar aqueles pedidos quase que inocentes de visita à página, de checar as novidades. Entre amigos mesmo, é totalmente natural. “Ana, sabe aquele livro que você comentou que queria ler? Então, está rolando um sorteio dele lá no blog.” Confiro com o maior prazer, não me incomoda, porém é um pequeno inferninho entrar todos os dias na minha página do Skoob e ver centenas de comentários sobre livros que estão sendo sorteados em mais de 50 blogs ao mesmo tempo, com várias promessas de que não irei me arrepender. Cansa...
Entre blogs é o mesmo. Com quase um ano de blogosfera, posso dizer que fiz amigos e que visitei páginas ótimas, de conteúdo excepcional, as quais nem sequer hesitei em indicar a outras pessoas. Não por conveniência, mas por sinceridade, por gosto, pois acho que todo blogueiro merece bons leitores que, por mais impossibilitados de comentar sejam, não deixarão de apoiar e dar vida ao endereço virtual à sua forma. Estes, não menos queridos, entram para as estatísticas, em números modestos na lista de seguidores, naquele mesmo visitante de todos os dias. Talvez não comentem o quanto adoraram a resenha, a postagem, mas estão por aí, à espreita fielmente.

Já deixei o endereço do blog em muitas páginas, já divulguei promoções no Skoob, já fui conveniente, porém jamais faltei com a sinceridade, com a preocupação em trazer um diferencial naquela divulgação chatinha. Através dessas ações, por exemplo, conquistei amigos blogueiros, leitores fiéis, participantes ativos de sorteios... Cada um com seu papel, todavia todos essenciais ao desenvolvimento deste blog.

Ao fim, posso dizer que espero sinceramente que muitos possam repensar suas atitudes. Lembrem-se de que não são os únicos que desejam alcançar mil, dez mil seguidores, lembrem-se de que às vezes devemos respeitar o espaço particular de um blogueiro (que não é apenas blogueiro, mas dono de uma vida pessoal, como todos nós) e de que uma promoção entre 25 blogs com promessas de 50 livros não fará com que ganhem a simpatia de um leitor sequer. 

É conveniente? Talvez não tanto quanto possa parecer ao princípio...

23 comentários:

Raquel Pereira disse...

Esse post foi mesmo um desabafo né?
Mas eu entendo. Eu não sou blogueira, apenas visito os blogs e comento q que realmente gosto.
Mas as vezes fico chateada pelas divulgações insistentes no skoob, tem gente que coloca o mesmo recado na sua página tipo 3 ou 4 vezes a mesma coisa (qd não colocam o mesmo recado e ainda o seu nome errado). Realmente cansa.
Também entendo que é necessário divulgar, mas poderia existir outros meios.
Uma coisa interessante é a parte onde os blogs costumam citar os blogs parceiros.
Eu, por exemplo, sempre dou uma visitada nos blogs parceiros dos blogs que eu gosto.

Bom, é isso.
Bjok

Mayara disse...

Oi Ana, eu sumi e quando voltei para sei lá, verificar meu skoob e tudo mais, estava com muuuuuuuuitas divulgações de promo. Eu na verdade, não me importo muito, pq sempre deixo sem resposta... na verdade, até prefiro que a divulgação seja no skoob, pq se fosse em comentários no próprio blog, seria sei lá, muito chato né, pq quando vc posta, vc espera um comentário sobre o que vc postou e não sobre uma promo que tá rolando, parece meio egoísta isso, mas é realmente muito chato. Na vdd, poderia comentar e depois comentar sobre a promo né x_x Enfim, eu já fiz divulgação também, não posso fazer nada, mas, agora divulgo em locais mais apropriados e tals ^^
Mas, é o que dizem: divulgação é a alma do negócio. No entanto, dependendo, pode arruinar se vc não souber fazer certo, hahaha

Aione Simões disse...

Oi Ana!
Que atire a primeira pedra quem nunca fez uma visita desse tipo, não é?
Mas, como você, também nunca fiz comentários que não fossem sinceros, ou comentários vazios. Se visitei, li o que estava escrito, opinei com sinceridade. Se algo me desagradou, no máximo omiti meu comentário, mas nunca menti!
Realmente devemos pensar no espaço do outro, saber respeitar a todos!
Ótimo post!
Beijos e boa semana!

Marina Oliveira disse...

Assino embaixo!
É completamente decepcionante ver que recebemos mais um comentário e descobrir que se passa de um "Adorei seu blog! Segue o meu?". E são quase insuportáveis todos os recados no skoob e comentários de promoções. Eles realmente acham que nós vamos seguir 10 blogs que nunca lemos na vida para participar de uma promoção? Dos outros eu não sei, mas eu não (uashsausah).
Acho que boa parte dos blogueiros tem de aprender que um blog cresce com seu conteúdo, e não com suas promoções.
Beeeijos

Marina Oliveira
http://distribuindosonhos.blogspot.com

Dani disse...

Parabéns pelo texto, Ana!

Olha, acho bem chato esse negócio de "Adorei o seu blog, já estou seguindo! Segue o meu de volta?", por isso nunca fiz isso com os outros. Se eu visito um blog que gosto e quero que o blogueiro visite o meu também, deixo um comentário pertinente, simplesmente. Sem precisar de "PASSA LÁ NO MEU BLOG!". Às eu preciso deixar uns 5 comentários antes que o blogueiro decida visitar o meu blog, mas pelo menos sei que ele está fazendo isso porque se interessou no que eu tinha a dizer, ao invés de pagar um visita de esmola.
Eu sei que eu, pelo menos, faço isso. Posso até dar uma breve olhada no blog da pessoa que está pedindo, mas isso já a faz perder uns pontos comigo. Prefiro bem mais ver um comentário interessante que me faça ter vontade de saber qual é o blog dessa pessoa.

Beijos!

Dandra disse...

Vc conquistou minha simpatia :)

Parabéns pelo texto, também penso assim. Nada de forçar a barra pra divulgar um blog. Eu tenho um desde 2008 e continuo com 400 e poucos seguidores, e dai? Visito os blogs que gosto, comento quando necessário, porque não adianta fingir q leu a postagem e comentar, só pra garantir (talvez) que o dono do blog retornará o comentário no seu blog.

O seu comentário no meu, por exemplo, me fez ter curiosidade em conhecer o seu blog, e foi bom chegar aqui com um post bacana como esse.

Bj

Michelle' disse...

Concordo com você!
Eu acho que tudo bem a gente ir em blogs novos, seguir e tudo mais, mas acho que não custa nada pelo menos ler a postagem e comentar algo legal, sem ficar essa coisa chata de "me segue, tô te seguindo".
Eu acho que o crescimento do blog vem com um bom conteúdo e uma interação legal com os leitores!
Beijinhos
Michelle, Minha Bagunça

Dreamer Girl disse...

Oi Ana gostei muito do teu texto e da tua coragem em mostrar uma verdade um tanto incômoda. Uma ótima semana.
Beijos.

Bruno Miranda disse...

Adorei a postagem. (Não esquece de passar no meu blog depois, tá? kkkkkkk), brincadeira, rs.

Mas enfim, quando eu comecei o blog era super difícil fazer com que alguém visitasse, então meu principal meio de divulgação foi sem dúvidas, o Skoob. A gente não pode simplesmente dizer que eles estão errados, você mesma disse que já fez isso.

Mas realmente, concordo, tem muuuuuita gente chata pela web que só vem falar para pedir! Eu NUNCA pedi para alguém seguir meu blog quando eu divulgava no Skoob, acho isso... sério, ridículo. E graças a Deus eu já passei dos meus 1.000 seguidores!

Quando alguém fica fazendo isso, eu nem tenho vontade de visitar o blog. E realmente não visito!

Enfim, super polêmico esse post... USHAUHSA Beijos,

O livro parece ser bem engraçado, mas não sei se eu compraria... Vou esperar pelas resenhas. Beijos,

@minha_estante - Minha Estante

Jaqueline disse...

Nossa, faço totalmente minhas as suas palavras. Muito chato fazer um post legal, bonito e com conteúdo e vir alguém: "Passa lá no blog Flor" ou "Tem promoção lá no meu blog", "me segue"...enfim, e absolutamente nada sobre sua postagem.

Hoje em dia eu estou me dando o luxo de escolher o que eu quero de comentário pro meu blog. Afinal, os comentários fazem parte da postagem e é chato que alguém com uma proposta séria de comentário veja coisas inúteis. Isso tira totalmente a credibilidade do blog, as pessoas passam a não levar a sério, fazendo então que seu blog vire um mero lugar de divulgação.

beijos e parabéns pelo texto.

Teorias de Gi disse...

Bom dia Ana, sei lá eu vejo muitos blogs com 1.000 ou mais seguidores noto que comentario mesmo só 1 ou 2, eu não reclamo por esta parte graças a Deus eu tenho meus leitores que são poucos mas consigo enchergar sinceridade em cada comentario, agora eu naum consigo mentir se acho ruim procuro naum comentar as vezes nem seguir mesmo...entaum sinta-se feliz venho aqui pq gosto mas nem sempre comento...lindo dia e boa semana!

Gabriele Santos disse...

Ai Ana, também já escrevi sobre isso.
Poxa dá muita raiva quando uma pessoa se dá ao trabalho de comentar: tô te seguindo me segue de volta.
Sinceramente acho melhor que não tivesse comentado.
Sempre que vou em um blog, mesmo que eu não goste da aparência ou do texto eu vou lá e deixo meu comentário sincero. ÁS vezes só dou uma opinião sobre o que é tratado no texto e ponto. Se gostar eu volto no blog, se não, sinto muito.
Acho que se todos fossem assim a blogosfera seria ainda melhor.
Mas que bom que ainda existem pessoas que se preocupam verdadeiramente com o conteúdo do blog e não somente com a conveniência e boa 'vizinhança'.
beijos.

Teorias de Gi disse...

Ops! Naum me entenda mal nem sempre comento, mas naum pq achei ruim sei la as vezes acho q fica repetitivo dizer que sua resenha ficou ótima e vc sabe q ficou ai num comento, só depois prestei atenção no contexto do que disse rsrsrsrs desculpe...bye!

Julia G disse...

É Ana, ser blogueira realmente tem seus inconvenientes. Acho que temos que gostar muito de escrever e de querer que os outros leiam o que para continuar escrevendo. Acredita que dia desses recebi um recado no skoob que dizia mais ou menos isso: "Se puder visitar meu blog e seguir ficarei muito agradecida, sabe, as editoras só fazem parceria com blogs que tem um número de seguidores"? Haha, mas nem me dou ao trabalho de responder. Acho que uma parceria tem que ser merecida, e isso inclui também os seguidores. Não participo de promoções com um monte de blogs, pois não gosto de ficar seguindo aqueles que não poderei ou não gostarei de visitar com frequencia. Mas cada um é cada um, e eu, particularmente, prefiro qualidade à quantidade.

Beijos

Cíntia Mara disse...

Não me lembro se eu cheguei a fazer isso no início da minha vida blogueira (naquela época, em janeiro de 2008, a blogosfera era menos "inchada" do que é hoje, então as coisas eram um pouco diferentes).

ODEIO spam. No blog e no Twitter, bloqueio imediatamente quem enviou. No Skoob coloquei uma mensagem irônica no meu mural e acho que consegui atrair os olhos dos spammers pra ela, pois diminuiu muito a quantidade de mensagens.

Pra mim, uma das coisas mais legais de blogar é construir uma rede de amigos. Algum amigo me indica um blog; eu leio, gosto e comento; a pessoa retribui a visita e gosta do meu blog; passamos a interagir mais, indicar pros amigos e começa tudo de novo. Minha relação com os blogueiros que interajo mais começou assim. É tão gratificante saber que tem quem realmente gosta do que você posta ou comenta. Ver que mais uma amizade se formou devido a uma indicação sua! Muito melhor do que ter o GFC cheio de fotos que não me dizem nada.

Bjos

Camila Costa disse...

realmente que atire a primeira pedra quem nunca fez uma divulgação exagerada (desesperada)acho que isso é muito comum entre blogueiros "novatos" sabe, que querem conseguir que seu blog seja "famoso" em questão de dias. E isso demora. Divulgação demais cansa e até já chamaram minha atenção.. foi quando comecei a ir com mais calma. De fato elogios exagerado são a coisa mais irritante. Acho que a melhor maneira de conquistar a simpatia e um blogueiro é opinando sobre o que ele escreve sinceramente, sem puxar saco. Tenho pouco tempo de blog, mas já vi que que o puxasaquismo é frequente por aí e justamente quando você o deixa de lado que consegue seguidores fieis e leitores sinceros. Amei o post Ana, me fez lembrar do meu favorito até hoje, aquele que questiona a qualidade e a sinceridade nas resenhas gostei muito!
Beeijo!

Amanda disse...

Olá Ana ...concordo plenamente com você, bem não sou blogueira ja tente masi acho q isso não é pra mim. O único blog que sigo é o seu, entro todos os dias,acho que nunca cheguei a comentar , mais adoro o que você escreve.Muito bom mesmo.

** Ana estou fazendo um trabalho, que fala sobre a importancia da leitura e sobre os escritores brasileiros. O que eu quero saber é se voÊ me peermite usar seu texto

http://naparededoquarto.blogspot.com/2011/02/uma-chance-literatura-brasileira.html

Desde ja muito Obrigada.
se vc puder me responder pelo meu email amandagonsalves21@gmail.com eu agradeço



Parabéns pelo blog

Eduarda Menezes disse...

Oi Ana,
Pra variar eu amei o texto!
Também nunca entendi essa de segue o meu que eu sigo o seu, na verdade quem colocava esse tipo de recado no meu Skoob, eu fazia questão de não seguir! Porque é fato que a pessoa tá lá dizendo na sua cara que só vai seguir o seu blog por seguir, só por você está seguindo o dela, e eu não vejo o menor sentido nisso!

Enfim, já fiz minhas divulgações no Skoob sim - principalmente assim que eu criei o blog - e sei que muita gente não gosta, porém pelo menos nas minhas eu tentava ser o mais cortês possível, e NUNCA cheguei a pedir para ninguém seguir o meu blog (fala sério, né rs) no máximo eu colocava que criei um blog e se a pessoa se interessasse me deixaria muito feliz, e só! Acho que é meio óbvio que se ela quiser irá seguir, ou se não quiser, tudo bem, ninguém é obrigado a nada!

Hoje em dia é raro eu escrever esse tipo de mensagem, mas não condeno quem o faz, na verdade é mais a FORMA que a pessoa faz, e o que tem escrito na mensagem! Acho que quem não gosta de receber é só colocar uma mensagem no seu perfil dizendo que não gosta, e deve-se respeitar isso. O problema, mais uma vez como já disse, é a forma como as pessoas fazem mesmo, porque tem gente que nem sequer ler e sai copiando e colando, até no mural de quem não gosta desse tipo de coisa... e pedir para seguir o seu blog eu também acho o fim... a pessoa não sabe mas na verdade ela está é afugentando os seguidores e não o contrário. Afinal, quantidade não é qualidade né?

Bjinhos! =*

Naty disse...

Acredito que todos já tenha feito esse tipo de 'spam', como você disse é algo muito comum no início dos blogs, acontece sempre. Realmente ás vezes cansa, depois que você passou da fase de olhar todos aqueles blogs e deixar seu comentário (ás vezes não tão sincero, admito) e acabar poder pedir uma retribuição.

Desde que comecei com o meu blog, há pouco mais de 3 meses se não me engano, tenho aprendido muito sobre tudo envolta do universo das blogsferas literárias. Podemos perceber claramente quem são aqueles leitores que realmente lêem os posts e comentam porque querem dar a sua opinião, deixar sua marca; daqueles que só passam pelo blog sem nem ao menos ler, apenas comentnado como tá tudo lindo.

Mas não tem jeito, isso vai sempre acontecer, né?

Adoreei o post, o tezto ficou perfieto ;)

Naty - Just Books !

Fábrica dos Convites disse...

Mesmo quando eu estava começando meu blgo não lembro de já ter deixado um comentário assim "estou te seguindo pode seguir o meu?" ou nestas variações com os elogios que você citou. Entro, sigo, deixo recados e só. Acho um pouco chato, é como se eu tivesse intimando a pessoa a me seguir por conta disso. Claro que recebo este tipo de comentário, antes ficava sem graça. Hoje visito, agradeço a visita e o recado e se eu gostar até sigo, caso contrário, não me envergonho mais. Bjs, Rose.

Planet Pink disse...

Ê assunto polêmico, viu? rs

To passando por isso agora, pra divulgar a promo lá do blog, pq nao tem qse ngm participando e eu montei cm tanto carinho =\ rs, mas enfim, eu acabei entendendo que não adianta divulgar aos montes e dpois as pessoas nunca mais voltam no blog.

Manter um blog é bem complicadinho, tem de fazer mais por amor a coisa mesmo, do que por qqr retorno.

Beijos =*

Rapha disse...

Ana posso falar uma coisa?
Você é fod* suahsuahs sério, queria ter o teu dom de escrever as coisas assim.

Concordo com absolutamente tudo o que falou, mas no começo, sinceramente, acho que todo mundo passa por isso até acordar e perceber que é irreal, vc pode ter 1000 seguidores e nenhum leitor.
Qndo criei o D.E. sai desesperada atras de seguidores, mandava spam pelo skoob igual louca, mas uma hora a ficha caiu e eu percebi que tinha mesmo é que me preocupar era com o conteudo do blog.
Hj percebo que estatistcas são apenas nºs, pq o conta mesmo são as amizades que eu pude fazer em razão do blog e as pessoas super especias que entraram na minha vida.

Beijos
Rapha - Doce Encanto

Gisele disse...

Realmente concordo com vc!!!
E como leitora e seguidora(ultimamente estou um pouco relaxada devido aos estudos, vestibular e tals)procuro valorizar não aqueles blogs cheios de seguidores com n promoções e tals, mas aquele que me faça sentir confortável e com o qual eu possa me identificar...
Tenho que parabenizar cada blogueiro que se compromete em compartilhar o seu amor com leitores como eu!

bjus