05 outubro 2011

Que tal refletir sobre nossas atitudes?

Link
Olá caros leitores! Peço desculpas pela ausência aqui no blog porém estou um pouco doente e fraca, minha cabeça não consegue nem pensar direito com tanta dor de cabeça e alguns pontos de febre... Mas aqui estou e para não deixar sua quarta-feira em branco, irei postar um texto um tanto reflexivo que achei no Tumblr.

Sabe essa garota que tá dançando lá na pista e você tá babando por ela, amigo? Minha ex namorada. Faz uns três meses que eu terminei com ela. Eu a traí todos os dias. E quando ela dizia que me amava eu ria. Sabe essas roupas coladas e esse cabelo pro lado que ela tá usando aí? Ela costumava usar uma camiseta rosa e um shorts, com o cabelo preso pra trás. Mas ela não conseguia ficar feia, eu só não sei porque nunca a disse isso. Ela era louca por mim. Me mandava mensagem de bom dia, depois me lembrava de amarrar os cadarços que eu sempre esquecia, colocava sempre na minha agenda os horários do meu dentista e sabe como eu retribuía? Vinha aqui zoar com meus amigos e ficar com umas que passassem de cabelo pro lado e roupa colada, assim, como ela tá hoje. Ela cuidava de mim todo fim da noite, mesmo que eu passasse o dia inteiro ignorando ela… Ela ainda ia lá, dizer que os anjos dela iam cuidar de mim. Era a garota mais grudenta, ciumenta, complicada e estranha que eu já tinha conhecido. Eu gostava mesmo era dessas aí, de ficar uma noite e me darem o telefone errado. Aí eu terminei com ela. Falei que ela era trouxa e burra por acreditar em mim. Dois dias depois, eu vi uma foto dela e chorei. Três dias depois, eu liguei pro celular dela e ela não atendeu. Quatro dias depois, eu fui na casa dela e ela disse que tava ocupada pra falar comigo. Cinto dias depois, eu não tive vontade de sair. No sexto, sétimo e no resto dos meses eu sentia falta dela todos os dias. Até que me puxaram pra uma balada, a mesma que eu ia pra ficar com essas meninas que não querem saber de mais nada a não ser delas mesmas e a encontrei aqui. Linda. Os olhos delas brilhavam. Eu fui falar com ela e ela ficou comigo. Achei que, dessa vez, eu podia tê-la nas mãos de novo, mas dessa vez, pra valorizá-la. Pedi seu número do celular novo e ela me deu. Liguei no dia seguinte e a moça da padaria atendeu: Número errado. Chorei. De saudade. Arrependimento. Receio. E de saber que a garota que eu ria, se tornou na garota que ria de mim. Pior, a garota que era minha, agora tinha um tanto de caras querendo ser dela e ela querendo aproveitar o tempo que perdeu. Eu fiz a garota dos meus sonhos ser o sonho de todos os garotos por aí. Eu a perdi. E sabe o que ela me falou no começo da festa? Que ela não era trouxa e nem burra de acreditar no amor que eu dizia sentir por ela. E sabe o que dói? Vê-lá dançando, rindo e não se preocupou em nenhum momento em olhar pra cá, me ver babando por ela e chorando por nunca ter percebido o quanto ela era importante pra mim, antes.

(retirado do tumblr: http://suasentrelinhas.tumblr.com/)

Reflitam!

11 comentários:

Mar disse...

Flor, está rolando dois super sorteios lá no blog.
www.imaginayre.blogspot.com
Participe!

Alinne disse...

Ótimo texto para reflexão.
Isso demostra como devemos valorizar o que temos, pois só quando perdemos é que sentimos falta.
Melhoras viu?
Beijinhos.

Books e Desenhos

*♡* Jane Dos Anjos *☆* disse...

Letícia primeiro, espero que steja melhor e desejo que isso passe o mais rapido possível, é horrível ficar doente e sentir tudo isso que vc descreveu, se cuide sua saude é mais importante que tudo.

O texto é muito bom, acredito que foi um homem muito burro que escreveu esse texto, pois só um homem burro deixaria sua amada assim, mais a vida nos ensina e muito!! Beijuuuuuu e cama menina!!

Aione Simões disse...

Oi Letícia!
Melhoras pra você viu?

Que texto triste!
Mas é bom mesmo pra refletirmos. Infelizmente, na maioria das vezes, só valorizamos algo após perder e nem sempre temos uma segunda chance.

Beijos!

Eduarda Menezes disse...

Oi Letícia! Espero que já esteja melhor, gripe/virose é mesmo algo muito chato e que só atrapalha as nossas vidas!

O texto é muito legal e reflete a realidade de muita gente, pois as pessoas realmente tem mania de valorizar algo apenas aós perdê-lo, muito infelizmente!

Bjs e melhoras!

TeamB disse...

Que liiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiindo, morri mil vezes e sonhei que a história é verdadeira. Sei que existe muitos como ele, e uou, não sei se perdoava. Isso é tão lindo!
*-* adorei, muuuuito obrigada por postar viu haushahsha
Bjs,
Jups | Booksworld

Bruna Tenório disse...

Nossa, que facada de texto! Ótimo! Uma pena que exista tantos outros caras idiotas como esse...

Lari disse...

Sem comentários para esse texto.
AMEI!
Todos os meninos da face da Terra deviam ler isso!
UAHSUAHSUAHSUHSA

Beeijos

Julia G disse...

Já tinha visto esse texto antes, mas acho ótimo. Quem não conhece uma única pessoa que tenha passado por algo assim, não é mesmo?

Beijos

Camila Costa disse...

muuuuuito fodaaaa (desculpa a palavrs) só de pensar que ja vi de perto uma historia igual...

Fernanda - Trilhas Culturais disse...

Muitooo legal o texto...mostra o quanto precisamos prestar atenção nos pequenos gestos de carinho que nos são dados todos os dias... bjuss