12 setembro 2011

Filmes Românticos e Príncipes que não aparecem.



Filmes românticos foram feitos para me deixar triste. Afinal, onde em toda minha vida vou encontrar um príncipe como no filme Querido John que me ame tanto? Nunca tive aquele melhor amigo de infância que é apaixonado por você mas somente quando vocês estão adultos que esse amor vem a tona; e ninguém nunca me fez uma serenata. Nunca fiquei abraçada com alguém vendo o por do sol... Coisas desse tipo me deixam triste pelo simples fato de não saber se isso realmente acontecerá na minha vida. Encontrar minha alma gêmea, o amor eterno, alguém que ame de verdade e precise dele mais do que preciso respirar? Pode ser tudo ficção, mas para mim, é um passo que pretendo alcançar, um objetivo. Assim como você traça uma meta de passar naquela prova ou ir no show daquele seu ídolo, eu construí na minha vida a meta de viver um amor digno de filme. Pode ser como em Cartas para Julieta, que os 2 não se gostavam por não ter nada em comum mas no fim percebem que se amam e a Sophie faz de tudo (até mesmo desmanchar seu noivado) para ficar com o seu Romeu. Deve ser difícil achar alguém, até porque nós nunca saberemos se realmente é a TAL pessoa. E não adianta procurar, isto acontece, independente de dia, hora e lugar. Mas por favor, TEM que acontecer! Ou será que o problema é comigo? Eu que não enxergo as oportunidades que passam apenas por achar que meu príncipe virá cavalgando em seu cavalo branco? (entenda que isto é apenas uma metáfora rs) Hope it happens soon!
E com vocês, já encontraram seu príncipe, conhecem alguma história parecida? Conte-me nos comentários, estou louca para saber!!

ps: Na coluna de segunda devo falar de sentimentos, provavelmente... O que acham? Qualquer coisa posso trocar, só falar!
Beijos,



14 comentários:

Aione Simões disse...

Oi Letícia!
Gostei bastante da idéia da coluna!
Vou opinar e provavelmente falar bastante, ok?

Acho que todas nós queremos viver um grande romance, digno de filme.
Mas não espere que acontecimentos de livros ou filmes aconteçam na vida real. Além de ser muito difícil de existirem, por serem situaçãoes idealizadas, a realidade prova ser sempre melhor quando acontece!
Tenha paciência porque para tudo existe um momento certo, nada na nossa vida acontece se não tiver que acontecer. É necessário, também, que estejamos prontas para isso. E, como você falou, não é algo que adiante procurar, simplesmente acontece!
Um grande problema é vermos esses mocinhos das histórias e ficarmos esperando que os mocinhos da vida real ajam como eles. Isso não faz com que não sejam bons ou que a situação não seja boa. Devemos aprender a enxergar as coisas perfeitas como são e aceitá-las como são, e não idealizar pessoas ou situações. Idealizando, há uma grande chance de nos decepcionarmos!
Acho que o mais importante de tudo é sabermos viver a nossa própria história e construí-la conforme o que tivermos em mão!
As dúvidas sempre existem, mas quando uma paixão arrebatadora ou um amor tão grande quanto os que vemos e lemos acontecem, nós sabemos. Pode ter certeza disso!

Beijão!

Julia G disse...

Olha meninas... eu namoro há um tempão e já desisti de encontrar um príncipe. Isso não quer dizer que eu não tenha vivido um romance de filme, mas são os pequenos detalhes em nosso dia-a-dia que fazem nosso conto de fadas, junto à realidade. Basta querer enxergar.

Beijinhos

Carla Wolf disse...

Oi,não sei ao certo se encontrei o cara certo,eu estava namorando,acabei de jogar tudo para o alto,não por ele,mas por mim,não me sentia mais amando,e não conseguia sentir as emoções que deveria,então estou tentando reviver um amor de 5 anos atrás,estou me jogando sem pensar,pois joguei um namoro de 7 meses para o ar! Não sei o que ocorrerá daqui em diante,mas sei que arriscar foi a melhor coisa!
http://caahwolf.blogspot.com/

krika disse...

Olá, td na paz contigo?

gostei da ideia da postagem da segunda, vou comentar muito com certeza.rsrs

Quanto ao príncipe encantado, eu encontrei.
Tempos atrás (melhor que antigamente..srrs) existia uma paquera que tirava o fôlego, aquele olhar de esgueio, um sorriso de canto de boca, um bilhetinho romântico, um Sonho de Valsa, que depois de devorado, guardava-se a embalagem dentro dos cadernos... Uma passadinha perto da casa do candidato e tal. Morávamos no mesmo bairro, íamos ao mesmo clube, curtíamos nossas músicas ao som do violão da "turma do sereno" e depois um beijo roubado, um pedido de namoro, um pedido de casamento e lá se vão 33 anos de principado, entre palavras doces ou ásperas e alguns silêncios necessários. E o amor foi cuidado, replantado, recomeçado e tornou-se tão encantado quanto o príncipe, que continua trazendo Sonhos de Valsa, agora em nova embalagem, fazendo declarações de amor, ligando 3 vezes por dia durante o trabalho, porque estava com saudade, e modernizado, manda torpedos românticos. E a cada crepúsculo espero meu príncipe chegar do trabalho, com aquele frio na barriga, feliz por estarmos juntos.

paz e bem
bjs

krika disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
danamartins disse...

Isso é um assunto que surge muito, principalmente com tanto filme de romance, com tanta gente que parece sempre estar procurando um romance. E se for comparar isso com o número de "felizes para sempre" por aí... haha mas aposto que existe, é só querer ver.

Nessas horas eu sempre lembro da música Blue and Yellow do The Used, é uma boa escutar/ver a letra.

Fernanda - Trilhas Culturais disse...

Oie...adorei esse post!Lindoo, faça a coluna sim. Eu não encontrei nãooo meu principe, acho que ele se perdeu por aí...mas gostaria muito de encontrar...será que o meu não foi sequestrado? Pq taaa demorando...hahaha.bjuuss

✿ Nessinha✿ disse...

Olá!
Fiquei ate emocionada com este post!
Acho que na vida tudo tem seu momento, pode ate demorar, mas vai acontecer, um dia seu principe aparecera em um cavalo e te levara para um castelo lindo! Eu acredito!
Não vivemos em um conto de fadas, mas quem sabe?
bjinhjs
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com

Sora Seishin disse...

Oi meninas!
Muito legal esse post :)
Não acredito em príncipe encantado, afinal somos todos humanos, com qualidades e defeitos... Não existem relacionamentos perfeitos, mas pessoas que trabalham para mantê-los próximo disso.
Felizmente eu encontrei uma pessoa com quem dividir a minha vida. O importante é não parar de procurar e manter-se aberta para as possibilidades ;)
Beijos,
Sora
Meu Jardim de Livros

*♡* Jane Dos Anjos *☆* disse...

Que lindoo... eu acredito que todas podem conhecer seu príncipe encantado, basta estar atenda, pois essas coisas acontecem, mais devemos estar ligadas para que isso não passe diante de vc e vc não veja.
O meu eu já encontrei e o lugar foi o mais estranho possível, namorava uma pessoa, mais era tipo namorinho meu atual marido morava no mesmo lugar, nos vimos, trocamos olhares mais só isso, com o tempo fiz amizade e quando terminei meu namorico, ele se declarou pra mim e logo com um te amo escrito na areia... eu fiquei meia desconfiada, mais percebi que era realmente minha alma gêmea... estamos juntos, temos 3 filhos lindos e até hoje ele diz que me ama, faz surpresas, comprar presentes sem motivo algum, mais todo relacionamento é difícil e tem seus altos e baixos... então tudo nessa vida tem que ter medida... Bjs e bela postagem... =D

Camilla Costa disse...

claro que o problema não é vocee..
essas coisas só acontecem
muitas vezes diferente dos filmes
mas aconteceem

Cíntia Mara disse...

Eu te entendo :/
Já passei "naquela" prova; já assisti ao show da minha banda preferida. Só falta encontrar "o" príncipe.

Beijos

Alinne disse...

Oi
Creio que há tempo para tudo, principalmente para encontrar aquela pessoa especial, não precisa ter pressa um dia irá acontecer.
Em todos os casamentos tem altos e baixos, alguns dão certo outros não, muitas vezes por faltar uma certa decisão, medo, falta de liberdade e superação. Algumas pessoas conseguem encontar, outras são felizes sozinhas. Isso depende das vontades e circunstâncias da vida.
Beijos.

Books e Desenhos

Luciana Pink disse...

oi Letícia

amei o texto

eu via mais filmes românticos, mas fui parando qd comecei a notar que o Sr Darcy (de Orgulho e Preconceito) não era o tipo de cara mais provável entre os homens de verdade,rs

caras 'de verdade' tem vários defeitos e nem sempre são bonitos e cultos a gente é que por gostar deles acha que são 'perfeitos'

bjs

estilorosa.blogspot.com