16 dezembro 2011

Introduzindo autores #1: Carlos Ruiz Zafón

Impossível é falar da essência de um livro sem ligá-lo ao seu autor, a célula máter da obra, o pai da criação. Criador e criatura que se misturam em narrações de seus próprios sentimentos e se mostram ao mundo através da Literatura.

Há, indubitavelmente, livros inesquecíveis, embora, às vezes, o nome de seus escritores não nos venha à mente. Entretanto, acima desta categoria, contamos com aqueles autores fantásticos, cujos nomes sempre nos remetem a um prazer e um carinho todo especial não só por suas histórias, mas pela persona que eles passam. Os amigos que nunca tivemos, os irmãos que nos faltaram, os pais e mães que nos trouxeram a paixão por ler. Autores este como Carlos Ruiz Zafón, escritor espanhol que inaugura a seção Introduzindo Autores do blog.

Carlos Ruiz Zafón, nascido a 1964, em Barcelona, é um dos autores mais lidos e conhecidos em todo o mundo. Iniciou sua carreira literária em 1993 com O Príncipe da Névoa (Prêmio Edebé), seguido por O Palácio da Meia-noite, As luzes de Setembro (reunidos em volume único chamado A Trilogia da Névoa) e Marina (resenha no blog). Em 2001 publicou seu primeiro romance para adultos, A Sombra do Vento (resenha no blog), que não demorou a se transformar em verdadeiro fenômeno literário internacional. Com O Jogo do Anjo (2008), retorna ao universo do Cemitério dos Livros Esquecidos. Suas obras já foram traduzidas para mais de quarenta línguas e já conquistou inúmeros prêmios, além de milhões de leitores ao redor do mundo.

O autor vive atualmente em Los Angeles, onde escreve roteiros para o cinema e trabalha em um novo romance, El Prisionero del Cielo, continuação de A Sombra do Vento, por sua vez. Zafón colabora também nos jornais espanhóis La Vanguardia e El País. A Sombra do Vento já ultrapassou a marca dos 6.5 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo desde o seu lançamento, em 2001. 

No Brasil, os livros de Zafón são publicados pela editora Suma de Letras, que conta com A Sombra do Vento, O Jogo do Anjo e o mais recentemente publicado, Marina, da coletânea de obras juvenis do autor. A escassez de obras aqui se dá por problemas autorais com os livros mais antigos, que foram recentemente resolvidos, resultando na publicação deste último juvenil. Estima-se que seu mais recente romance, El Prisionero del Cielo, saia para os leitores de terras brasileiras ainda no ano de 2012.

Alguns dos livros do prestigiado Zafón

Por que ler Zafón?
Simples. Sabe aqueles autores em que a escrita fala por si só, em que cada palavra é ornamentada por algum detalhe todo peculiar e único, sem soar pomposo ou artificial? Este é Zafón. Um autor que fala com paixão das ruas de Barcelona e de suas mansões góticas; que alterna entre o mistério sombrio de Edgar Allan Poe e a aventura de Dumas com suas doses sutis de romance, heróis movidos pela curiosidade e heroínas glorificadas em sua graça. Também retrata o amor pelos livros e é um prato cheio para qualquer leitor curioso.

"Os livros são espelhos: neles só se vê o que possuímos dentro." 
Carlos Ruiz Zafón

Ficou curioso? Pois anuncio que, graças ao nosso querido autor parceiro, Breno Melo, disponibilizaremos os três primeiros capítulos de El Prisionero del Cielo traduzidos aqui no blog em primeira mão nos próximos dias. Para você que já leu A Sombra do Vento e está curioso para saber como será a continuação da história de Daniel Sempere, é uma oportunidade imperdível. 

Booktrailer de El Prisionero del Cielo



Fontes: Skoob
Editora Objetiva
Wikipédia

Uma boa sexta-feira a todos e aguardem por mais Zafón e outros incríveis autores a serem comentados no blog.


 

10 comentários:

£ädÿ disse...

eu AMO os livros do Zafón. Ele tem um dom de tratar de universos obscuros, e dramas e suspenses de um jeito que eu nunca vi. Mais que tudo, ele fala de LIVROS, e eu acho isso super legal! todos os personagens são leitores, e isso influencia de forma direta em tudo na história! é muito mara :D

Aione Simões disse...

Oi Ana!
Sempre que vejo algo sobre Zafón, na hora penso na Duda e agora também me lembro de você, vocês duas falam tanto dele que só me sinto mais envergonhada por nunca ter lido nada do autor! Sei que preciso e pretendo corrigir esse delito hehe!
É muito legal da parte do Breno fazer essas traduções e disponibilizá-las para os blogueiros parceiros, ele me ajudou muito com o especial de Insaciável!
Enfim, o post foi uma prova ainda maior de que preciso de Zafón na minha vida literária hehe!
Beijos e bom final de semana!

Kassiane Cardoso disse...

Oi...
ultimamente tenho ouvido muito sobre Zafón,mas ainda não tive oportunidade de ler algum livro dele,mas tenho vontade...
ler A Sombra do Vento pois muitos amigos já leram e recomendaram...
e agora depois de ler sua resenha sobre Marina,e esse post a vontade só aumentou,e já vou providenciar livros dele para ler =)

Muito bacana esse post!!espero que desperte a curiosidade das pessoas quanto ao autor assim que está depertando em mim

Beijos!! =D

WilLDuarte disse...

Opa! Ainda não tive a oportunidade de ler nenhum livro do Zafón, alias, acho que nem conhecia o autor. Mas em breve, depois de tudo que você falou pretendo ler alguma obra do autor!
Ah, e quero parabenizar pela introdução feita para inauguração dessa nova sessão. Parabéns, muito bem escrita e concordo com tudo. O autor é o grande criador da obra, conhecer mais sobre ele é quase tão importante quando a leitura de seu livro!
Vou aguardar ansioso o próximo "ntroduzindo Autores"!
Abraço,

http://www.livreiromaluco.com/

Juliana Kobayashi disse...

EU AMEI A POSTAGEM
esse autor é maravilhoso, a escrita dele é unica e perfeita.
já li dele sombra do vento e jogo do anjo e estou louca p comprar marina.
eu infelizmente nunca resenhei ele o meu blog, mas espero fazer isso em breve

bjs
por favor, retribua a visita e o comentário

TÍTULOS DE LIVROS

Vanessa disse...

Todo mundo tem falado de Zafón e já estou ficando realmente muito curiosa! Gostei dessa dica e acho que vou procurar alguns desses livros!

Bárbara Munhoz disse...

Nunca li nenhum livro dele, mas eu pedi de natal o "Marina", espero ganhar, haha.

Lari disse...

Oi Ana!
Nunca li nada do Zafón :O
Mas toda vez que vou a uma livraria fico naquela indecisão de comprar ou não comprar A Sombra do Vento.
Agora quero ler Marina tbm.
Vamos ver qual eu compro primeiro. HAHA.
As capas dos livros dele são tão lindas né? Adoreeei a postagem. Quero ler sobre mais autores mesmo :)

Bjss

Anônimo disse...

Eu queria tanto ler a continuação do O Príncipe da Névoa mas nao achei pra download nem pra comprar ):

Andressa Leite disse...

É ta aí um autor que sempre ouvi falar bem mas nunca li. Seus livros com certeza vão para a listinha 2012.